quinta-feira, julho 15

Câmara de Felgueiras com graves dificuldades económicas

Segundo a SIC, através de declarações do presidente da câmara, Inácio Ribeiro, afirma que a câmara se encontra em graves dificuldades financeiras. São inúmeros os credores a solicitar já através de Tribunal o pagamento de dividas antigas, entre as quais se encontra uma com cerca de 25 anos, rondando a totalidade das mesmas 5,6 milhões de euros, referentes a empreitadas contratadas através de "ordem verbal" no período entre 1985 e 2001. A somar a tudo isto acresce ainda uma divida à SUMA no valor de 4 milhões de euros entre os anos de 1999 a 2006. Para além disso o STA condenou a câmara a pagar à Junta de Freguesia de Lustosa 1,3 milhões de euros, pela construção do aterro.
Fátima Felgueiras respondeu a todas estas dividas com “Não é naturalmente nesta ocasião que vou responder a cada uma delas, mas responderei, sem precisar de consultar documentos e posso afirmar que nenhuma delas tem qualquer razão ou justificação”. Explicações simples como está pago ou não está pago, nem uma.
A SIC afirma ainda que “o presidente vai, nas próximas semanas, pedir uma auditoria às contas da autarquia”, esclarecendo assim a questão da auditoria estar, ou não, a decorrer.

11 comentários:

smartins disse...

Foi premonitória a minha crónica da última edição do “EF”. Foi em boa hora que Fátima Felgueiras regressou ao seu lugar como vereadora. Na hora de, no local próprio primeiro, e depois aos felgueirenses, esclarecer todas estas questões. É que não basta dizer que é uma manobra da maioria Nova Esperança. Que estão a faltar à verdade (coisa que aliás também afirmava quando era presidente da câmara). É preciso provar que, as verbas reclamadas em Tribunal não são devidas.
É também necessário ouvir os dirigentes do PS Felgueiras sobre este assunto uma vez que muitos dos assuntos se referem a um período em que Fátima Felgueiras era eleita nas listas socialistas, sendo que muitos dos que hoje lá estão, são desse tempo.

Margaride disse...

Espero apenas que ela diga bem mais do que disse á SIC.
E se as contas pedidas estiverem pagas será bom para Felgueiras, mas como diz o povo:
"Não á fumo sem fogo"
E não acredito que Inacio Ribeiro (parece que é economista) não saiba ler numeros e ver se as contas estão pagas ou não, se existem facturas, contratos......

Mas quem sabe, esperemos para ver mais, e espero mais uma vez que fale verdade.

Quanto aos dirigrntrd do PS e mesmo os do MSP não espero grande coisa, pois não acredito tambem tenham coroagem para reconhecer o erro

Ricardo disse...

engraçado! os empreiteiros devem ser ricos! esperam 25 anos para colocar a câmara em tribunal!

J.Afonso disse...

Estou confuso.
O LM diz que está tudo pago e que Felgueiras é um exemplo por pagar em 30 dias. A SIC e o actual presidente diz o contrário. Os processos estão em tribunal. A pessoa que devia explicar o que realmente se passa diz que vai responder (um dia, daqui a muitos muitos anos)a todas as questões.

Não tarda aparece o Artur Marques a pedir mais algum.

SPC disse...

Caro JAfonso
Os prazos de pagamento tão orgulhosamente mostrados por LM referem-se apenas a “contractos declarados” á FEDICOP. Esse relatório que mostra os bons pagadores que somos a empresas de construção e obras publicas!

Estas dívidas são de empreitadas contratadas através de “ordem verbal” logo assumimos que não há contrato ou registo.

Não será isto um caso de polícia? Como pode alguém vir agora pedir uma divida tão atrasada dizendo que foi consumada por “ordem verbal”?

Não há facturas, com datas, produto e valor para confirmar isto? Se há porque é que dito credor tem de vir reclamar a divida? Não estão as facturas nas contas da autarquia?
Isto contabilisticamente fica muito confuso! Ou não!!

A mim cheira-me, uma vez mais, a duas palavras que nos tornaram famosos em Portugal e em toda a comunidade lusófona.

SACO AZUL! (isto para responder ao Ricardo)

Ameacem com processo que a divida desaparece.

Ricardo disse...

A ver vamos se não teremos um vermelho! para esconder a vergonha! Mas deixemos esta questão para quem de direito, os tribunais! até porque, repito, há 25 anos atrás, as coisas eram muito diferentes e com autarcas que agora estão afastados da vida política! Que é confuso é! Mas mais confusas são as candidaturas aprovadas pela associação empresarial de Felgueiras... desculpem, câmara municipal de Felgueiras. Como é o mesmo presidente e nos cartazes andam sempre colados ate confundo... nem sei quem faz o quê! Eu sei que a pior dor é a de olecrânio e essa não há eleições que curem!

Margaride disse...

Ricardo, isso só mostra a tua pequenez.
Vê exemplos de outros presidentes, não vais por ai.
25 anos a ser (des)governados pelos mesmos, sim pelos mesmos, porque os que os substituídos eram substituídos pelos seus afilhados.
Isto foi passando de padrinhos para afilhados, ou onde tens andado tu estes anos?
Em outros anos confundias futebol, vinhos, câmara e outros?

SPC disse...

Saco vermelho??

Vermelhos já nós andamos. Vermelhos de VERGONHA.
Vermelhos de sermos associados a sacos azuis!
Vermelhos de fugir para o Brasil.
Vermelhos de atraso social
Vermelhos de atraso cultural
Vermelhos de atraso nos acessos
Vermelhos de atraso na estratégia de desenvolvimento.

Vermelhos de VERGONHA!

Portanto se aparecer outro saco (vermelho) será apenas um reflexo da nossa cara.

Defender o passado nesta terra, por muito (com)partidário que se seja é um acto de incoerência e de irresponsabilidade.
Se fizeram coisas no passado?
Claro que sim!
Se fizeram coisas bem feitas? Claro que sim!

Se estamos atrasados em relação á região e ao país? Claro que sim!

No que diz respeito á Associação Empresarial/CMF o que vos incomoda mais é que há um novo impulso. Agora FAZ-SE coisas!!

E como diz a cantiga:
Se uma associação a mexer incomoda muita gente.
Uma associação e uma Câmara incomoda muito mais!

Ricardo disse...

nem sequer vou descer a tamanha "pequenez", para não entrar em ataques pessoais! O que foi feito está a vista! o que falta fazer também! as avaliações fazem-se no final e cá estarei para avaliar, o bom e o de menos bom! Não vale a pena entrarmos em conflito directo (como teimam aqui fazer), porque realmente o que vos incomoda sei eu! Quanto aos 25 anos de "(des)governo" as pessoas já o julgaram mais de uma vez em eleições anteriores! e diga-se sempre por maioria! Nestas eleições outras questões se levantaram, as quais todos acompanhamos! E continuo a dizer que para a dor de olecrânio não há eleições que curem! Quanto ao SCP lamento dizer mas questões de sacos azuis ou por azular cabem apenas a uma instituição - os tribunais! Quem de direito irá julgá-las e não quem o quer fazer sem legitimidade para isso! Quanto a fazer-se "coisas" lamento informar mas, no meu entender, repito, no meu entender, e se for preciso repetir outra vez faço-o, nada de novo veio para Felgueiras, a não ser a falsidade e incoerência! e isso está à vista! Só não vê quem não quer ver!

J.Afonso disse...

Não copreendo como é que alguém que viva em Felgueiras possa ver os anos de governação PS/MSP como algo de positivo e evolutivo para o concelho.

SPC disse...

Acha que se pode medir a falsidade e a incoerência em 8 ou 9 meses de mandato?
Para quem começa um texto a dizer que as avaliações se fazem no fim acho que terminou um pouco mal!
Mais, para quem, no que lhe interessa, deixa para os tribunais os julgamentos, esta conclusão antecedida, como todas as conclusões, de um julgamento parece um pouco incoerente.

Relativamente ao saco azul, felizmente alguns de nós pensam por si. A afirmação de que apareceu uma divida com 25 anos por trabalhos adjudicados por ordem verbal não é minha.
Minha, é a conclusão! Ainda ninguém me disse que estava errado. Ahh pois.. isso de 25 anos atrás era de outros presidentes e essas coisas!! E eles podiam fazer isso também? Não estariam parte dos executivos mais recentes nesses mesmos executivos? Não é por estarmos em Felgueiras que podemos estar sempre a “descalçar a bota”!

Só para terminar. Não acham que esta maioria tem tanta legitimidade como as outras? Eu até acho que tem mais legitimidade que a anterior que teve apenas maioria na Câmara e dedicou-se a aliciar e intimidar presidentes de junta para ver aprovadas as medidas. Mas isso sou eu que digo! Já se esqueceram do banho de multidão no dia das eleições? Acham que foi programado?

Felgueiras era o típico caso de violência doméstica. Apaixonados pela mediocridade e rebaixados á nossa miserável insignificância! Agora que acordamos só nos resta sorrir porque PIOR É IMPOSSIVEL