terça-feira, outubro 26

Felgueiras 2005 e os comentários

A todos os comentadores: Escusam de continuar a entupir a caixa de comentários com ordinarices, ofensas, insinuações e coisas do género. Só publicarei comentários de utilizadores com nome (inventem um tipo José Silva, ou José Maria, porra!) e cujo perfil esteja visível, com email do mesmo, disponível. Entendido??

4 comentários:

Armindo Mendes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Armindo Mendes disse...

Meu caro Sérgio, como eu compreendo esse teu desabafo, que aliás felicito e, se me permites,
subscrevo. É também por causa dessas situações (os ditos comentários) que me sinto menos motivado a participar neste espaço de opinião. Creio aliás que outros colaboradores deste espaço sentirão algo parecido.
Fico desapontado com o facto de algumas “pessoas” que às vezes aqui apareciam, a coberto do anonimato, num acto tíbio, se arrogarem no direito de vilipendiar uns e outros, lançando um sem número de injúrias e insinuações que nunca comprovam.
E quase sempre são “pessoas” cujas motivações para tais comentários estão claramente identificadas.
Não raras vezes, pela forma como escrevem e denunciam os seus propósitos, percebe-se, de forma clarividente, quem está por trás dos nickname. Sobre alguns desses não tenho dúvidas nenhumas.

p.c.r. disse...

Boas!
sabes que sempre entendi os blogs como fóruns onde até os idiotas têm voz! Depois só temos que lhes dar a importância que merecem: nenhuma (ou quase)!

Sempre parti do princípio que, a mim, só me ofende quem eu considere que tem estatuto para tal. Aos outros, anónimos sobretudo, não dou qualquer importância. São uns tristes, frustrados, covardes que jamais darão a cara!

por outro lado, é sempre bom saber o que diz essa escumalha.... por isso, deixá-los ladrar que a caravana passa.

smartins disse...

Caro Armindo,
São muitos anos - cerca de 6 - que escrevo na blogosfera sobre Felgueiras, e já tive que ouvir (ler) de tudo, mas isso nunca me impediu de continuar a escrever, ou, sequer, me demoveu de o fazer. Eu sou aquilo que EU, faço de mim, e não aquilo que os OUTROS querem fazer de mim.
Por outro lado, activei a validação de comentários para evitar esse tipo de questões em relação a vocês, que, sinceramente, nunca tiveram grandes problemas, uma vez que eu os elimino logo, embora tenha registo de todos. Há quem entenda isso como forma de “censura”, eu chamo-lhe uma forma de EDUCAR.
Nunca foram os comentários que fizeram este blogue, mas alguns comentadores, fizeram outros, cujo único objectivo era o achincalhamento das pessoas e não sobreviveram.
Claro que muitos estão devidamente identificados. Há até alguns, que tiveram a lata de me perguntar porquê que eu não publicava os comentários deles e exigiam resposta! Hilariante! Outros ainda, perante um e-mail meu, dando-lhes nota de que a identificação deles era “tal” mas que teria todo o gosto em publicar os seus comentários desde que assinasse com o seu verdadeiro nome, nunca mais comentaram. Eu sei, é aborrecido.
Mas não há problema nenhum, EU vou continuar por aqui.